A Seri Stylu é uma empresa familiar e tudo começou no ano de 1960 quando, Serafim Mendes de Oliveira Ribeiro (a), avô dos actuais sócios, iniciou a actividade por conta própria como subcontratante de peças repuxadas em chapa de ferro, latão e alumínio. Exemplos destes produtos são: os funis para as máquinas de moer café, reflectores parabólicos para aquecedores eléctricos e tampos para extintores.

Esta actividade era desenvolvida graciosamente nas instalações de um amigo aquém veio a propor sociedade no fabrico de antenas de TV interiores.

No ano de 1967 já em instalações próprias no lugar da granja Maia inicia o fabrico de antenas exteriores e é neste momento que surge a necessidade de uma marca e assim aparece a SERI com origem nas iniciais do seu próprio nome.

Em 1977 constitui-se como sociedade por quotas com a participação do filho adoptando o nome de Metalúrgica Ribeiro. No início dos anos oitenta constrói novas instalações com 1500m2 no mesmo lugar da Granja e o sócio fundador deixa a sociedade seguindo com o fabrico de candeeiros e artigos para casa de banho.

A Metalúrgica Ribeiro adquire a representação de equipamentos electrónicos, complementares ao fabrico das antenas e acessórios mecânicos, de uma marca espanhola e expande o negócio a todo o país e as antenas também ao mercado espanhol.

Com a queda do mercado das antenas TV tradicionais iniciou-se o fabrico dos suportes para TV e à marca é associada a palavra stylu atendendo a que estava agora ligada mais ao design mas, a Metalurgica Ribeiro teve de ser extinta e segue agora a marca também como empresa SERI STYLU formada em 2006 pelos actuais sócios Pedro Manuel Vilarinho Ribeiro e Rui Manuel Vilarinho Ribeiro.

A marca SERI STYLU provem das iniciais do nome Serafim Ribeiro associada à palavra latina STYLU que significa modo diferente de fazer.

(a) – Na imagem o segundo da esquerda para a direita.